Alianças

Alianças Empresas:
Onde muitos enxergam perda, a Óxidos identifica oportunidades. As alianças surgem e consolidam-se na forma de uma rede que atende às necessidades dos clientes de maneira exclusiva, com atenção ao todo, e não apenas a uma parte do processo, o que facilita a identificação das soluções mais apropriadas.

O grupo tem compromissos assumidos com seus aliados:
– Encontrar as melhores soluções onde quer que estejam;
– Manter-se como o maior fornecedor de Cal Dolomítica do país;
– Ser referência no cenário nacional de Cal na área ambiental, onde o objetivo é de ir além das exigências das autoridades ambientais.

Centro de Referência Tecnológica (CRT):
Tem a missão de desenvolver, aprimorar e dar continuidade às tecnologias ligadas à produção de cales e mineração; realizar o Controle de Qualidade diário dos lotes de produção e implantar medidas para Controle do Processo; promover a integração do departamento comercial, assistência técnica e engenharia de processo e, ainda, prover, em tempo real, relatórios de qualidade aos clientes.

Atendendo às unidades fornecedoras da Óxidos, o Laboratório do CRT permite o monitoramento no processo produtivo das unidades operacionais em tempo real e análises ambientais exigidas pelo órgão regulamentador (Fundação Estadual de Meio Ambiente e Ministério Público). Com as ferramentas disponibilizadas, o cliente terá acesso ao banco de dados de sua produção, com respostas rápidas e confiáveis.

O Centro também está apto a fornecer ao mercado serviços de alta qualidade e valor agregado do ponto de vista da análise físico-química e controle ambiental, com Certificação ISO 17.025.

Universidades:
Pioneira no estabelecimento de parcerias com universidades, a Óxidos estreitou o relacionamento com a Universidade Federal de Uberlândia (MG) para o desenvolvimento de novas tecnologias. Os resultados positivos e a evolução processual influenciaram a implantação do Centro de Referência Tecnológica (CRT). A aliança permitiu uma mudança no modelo de negócio e de solução de demandas.

O grupo Óxidos também mantém parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais.